COMO ESTIPULAR ESTES PRINCÍPIOS NO NEGÓCIO?

sandra-marques-imagin-ativa

Será possível criar um negócio com resultados positivos se ele não estiver bem alinhado com os nossos interesses, talentos e paixões? Talvez seja se o sentido for puramente comercial, mas mesmo assim será necessário empenho para alcançar os resultados desejados. Há que ter algo muito claro na mente Empreendedora. Hoje vence o marketing e as empresas que cultivam relacionamentos e que apelam ao lado emocional. Os serviços e produtos devem ser apresentados de forma clara, emotiva, também racional e bem direcionados a um nicho específico ou, melhor ainda, a uma “Persona” específica. O nicho dentro do nicho!

Defendo o meu lema “Vive e Empreende com Sentido” e isto implica saber exatamente qual é o Propósito-Missão-Visão-Valores pessoais e do negócio. Há que empreender com real motivação, pois o caminho traz desafios que irão mexer com a confiança e estima próprias.

Então vamos falar das pedras basilares neste artigo. Vamos falar de Propósito, Missão, Visão e Valores. Estes princípios permitem ter-se uma visão mais clara sobre o Porquê – Como – Para quem são os serviços e/ou produtos e se poder passar uma mensagem clara e focada no nicho de clientes e suas necessidades.

 

MAS COMO ESTIPULAR ESTES PRINCÍPIOS?

PRINCÍPIO 1 . PROPÓSITO DE VIDA ou IKIGAI

É o motivo mais pessoal. Aquilo que se entrega ao mundo por paixão e que está alinhado com os talentos.

Exercício:

  • Viajar até até à nossa criança e perceber o que mais se gostava de fazer.
  • Avançar no tempo e analisar o que em adolescente se continuava a gostar de fazer.
  • O que fazes hoje está ligado com essas paixões?
  • Também é importante analisar as habilidades e competências adquiridas ao longos dos anos, pois daí podem ter nascidos Talentos que até fazem mais sentido atualmente.
  • Tomar atenção ao que fazes de forma tão natural, ao ponto de não valorizares como sendo talentos. Aqui é importante falar com outras pessoas e perguntar como te vêem, como te descreveriam, o que acham que fazes bem.

Este exercício e alinhamento é igualmente útil para quem já tem um negócio que necessita de impulso ou inovação, como para quem está agora a começar e a querer empreender o seu negócio.

 

PRINCÍPIO 2 . MISSÃO

Missão é a razão pela qual o negócio existe. Em outras palavras, define o foco de atuação. Aqui o conceito está mais ligado ao “Como”. A forma como se entrega o serviço ou produto (o quê?).

Quando percebemos e estabelecemos qual é o nosso Propósito de Vida, podemos avançar para a nossa Missão que mostra a forma como entregamos o nosso valor pessoal, com que ferramentas, metodologias, serviços e/ou produtos.

O Propósito de Vida é o lado emocional do negócio enquanto que a Missão é o lado racional. Delinear corretamente a Missão ajuda a escolher a estratégia para o negócio adaptado à realidade do mercado, às necessidades do nicho de clientes e encontrando o diferencial.

Conheces o Círculo Dourado do Simon Sinek? Aconselho a leitura deste livro “Comece pelo Porquê”. Deixo aqui o círculo dourado adaptado por mim.

Questões para delinear a Missão:

  • Quais são os serviços e/ou produtos e como os entregas.
  • Que metodologias e ferramentas são usadas para entregar resultados aos clientes.
  • Procurar o diferencial – não se vai “inventar a roda” mas pode ser transformada e adaptada ao porquê alinhado com o mercado e aquilo que os clientes procuram ou poderão necessitar.
  • Quem é a pessoa ou pessoas que estão por trás do negócio – apresenta-te e humaniza a tua marca, isso transmite confiança.
  • Qual é o território de atuação – online, presencial, misto, zona geográfica ou além fronteiras.
  • Quais são os diferencias da marca, quando comparada com a concorrência: uma análise da concorrência nos dará a informação necessária para saber como destacar os aspectos que diferenciam a marca.

 

PRINCÍPIO 3 . VISÃO

Orientação para os resultados e futuro. É uma bússola que serve como um grande objetivo de longo prazo, mas também demonstra a intenção e compromisso para com o cliente, sendo ele próprio comprometido consigo e com os seus resultados.

A Visão para o negócio está interligada com o “para quê” e os objetivos. Os resultados que se quer entregar aos clientes. Ter-se uma Visão de futuro para o negócio faz entrar em ação para realizar o que se estipulou.

Como definir a visão do negócio?

  • Em primeiro lugar pegar na informação sobre como delinear o Propósito de Vida e a Missão, pois aí está contida a Visão de futuro.
  • Aqui é essencial traçar um plano de ação com um objetivo real, exequível a longo prazo (pelo menos 1 ano), e objetivos trimestrais. Delineando metas e tarefas semanais que levam passo a passo aos teus objetivos. Se faltar planeamento é como se a bússula estivesse avariada e por isso qualquer caminho serve. Não tendo direção os resultados ficarão aquém do esperado e surgirá desorientação.
  • É essencial ter um plano de negócios, pois a parte financeira faz parte dos objetivos que a atingir. Claro que se pretende beneficiar outras pessoas com os serviços ou produtos e contribuir para enriquecer a vida delas, mas em troca haverá um valor a pagar pelo bem que proporcionado.
  • Concerteza, lá atrás já foram definidos serviços e ou produtos no “Como”. Agora é hora de lhes atribuir valor monetário e perceber quantos clientes serão necessários para que o negócio que traga lucros e prosperidade.

 

PRINCÍPIO 4 . VALORES

São as estrelas ou ponteiros pelos quais o lago pessoal e profissional se regem e a forma como pretendemos que o nosso negócio reconhecido.

Quais são os valores pessoais e profissionais?

Perceber quais são os valores quer a nível pessoal ou profissional é um processo delicado e que exige concentração em na nossa essência e vida. Neste artigo apenas consigo deixar umas ideias, algumas dicas, de como chegar a esses valores.

Estes são os valores da imagin.ativa

CONFIANÇA . AUTENTICIDADE . EXCELÊNCIA . CRIATIVIDADE . PLANEAMENTO

Na verdade eles também são meus valores pessoais. Claro que a Família e a Liberdade são valores que não entram diretamente no meu negócio, mas estão associados. Pois foram estes valores que me fizeram querer empreender. Ter mais tempo para a família e liberdade de horários sem patrão.

Dicas para estipular valores?

  • Fazer uma lista de todos os valores pessoais que sejam importantes a nível pessoal.
  • Escolher 15 valores e analisar o porquê de terem sido escolhidos.
  • Desses 15 valores, escolher 6 valores pessoais que sejam mais importantes e desses 6 escolhe 1 valor que interliga todos.
  • Quais são os valores que fazem mais sentido para o negócio? Escolher no máximo 6 valores, pois isso vai dar alinhamento e deve ser claro para os clientes. Esta análise conta com a ajuda de todo o processo que já feito para clarificar o Propósito, Missão e Visão. Recorrer a esta informação para perceber quais são os valores por detrás da intenção colocado nos serviços e ou produtos. Estes valores são o compromisso para com os clientes.

 

Espero que estas dicas te sejam úteis ?  e aproveito para deixar aqui a ligação para o Audio-Book do livro “Comece pelo Porquê”, Simon Sinek

 

imagin.ativa by Sandra Marques

Partilha este artigo na tua rede social preferida
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *