COMO REDESENHAR UM NEGÓCIO

sandra-marques-imagin-ativa

É inquestionável o quanto todos nós sentimos na pele os efeitos desta pandemia global. Transversal desde grandes a pequenos negócios e em qualquer ramo de atividade faz com que a economia mundial esteja a enfrentar grandes desafios. Mas nem tudo é obscuro e o momento atual fez com que as pessoas “acordassem” um pouco para outras realidades que já eram reais. As tecnologias, internet, marketing digital e outras ferramentas online não são o futuro como ouço dizer. Já existiam, eram reais e a serem usadas, são o antes, o aqui e agora. Só que neste momento as pessoas começaram a olhar para estas realidades como algo incontornável, quase “um mal necessário” para muitos e um grande bem maior para outros.

O mindset teve de mudar, adaptar-se. Quebraram-se as barreiras que exigiam que tudo o que não tem presença, não é válido. É tão válido quanto o online e é possível criar empatia, talvez só exija um pouco mais de empenho natural. Digo natural porque tudo o que é forçado nota-se, sente-se e faz com que as pessoas se afastem ou não consigam criar ligação. Em modo online ganha-se mais quando somos honestos, coerentes, quando partilhamos conhecimentos e nos mostramos com as nossas forças e vulnerabilidades. 

Ser Empreendedor requer flexibilidade de adaptação e mindset curioso sempre aberto a novas ideias, atento e aberto às tendências do mercado e das técnicas de marketing.

Gosto de comparar um negócio a um ovo 🙂

Tal como o ovo, o negócio tem várias camadas que se traduzem na forma, conteúdo, produtos ou serviços que mostrados e colocados ao dispor dos clientes.

Mas como redesenhar (ou reinventar) um negócio que quebrou ou estagnou nesta nova realidade em que vivemos?

Não congeles! Do caos surgem boas oportunidades.

Cabe a cada Empreendedor saber agarrar essas pérolas.

Deixo aqui alguns passos importantes:

  1. Definir exatamente qual é o desafio do negócio (explorar e olhar para além do próprio desafio, analisar o que pode estar atrás desse desafio);
  2. O que tens neste momento e como gostarias de te apresentar a partir de agora;
  3. Expandir e explorar ideias (todas as que vierem à cabeça, sem julgamento), mercado, concorrência;
  4. Redefinir o Porquê, Como, Para quem e o Para quê do negócio;
  5. Analisar se a partir deste momento o nicho de clientes será o mesmo ou outro diferente;
  6. Quem é, como é, o que faz e que necessita esse cliente;
  7. O negócio será presencial, online, ou misto;
  8. Que redes sociais realmente fazem sentido para o negócio (não é necessário estar em todo o lado);
  9. Estipular objetivos claros e realistas;
  10. Fazer um plano de negócios para 1 ano;
  11. Traçar um plano de ação mensal com tarefas, metas e objetivos menores para poder alcançar o objetivo anual.

Tenho a certeza que estas dicas ajudarão em conjunto com a capacidade e motivação necessárias e intrínsecas a todos Empreendedores que não baixam os braços e enfrentam os desafios com atitude positiva, procurando soluções e aprendendo com as falhas.

imagin.ativa by Sandra Marques

Partilha este artigo na tua rede social preferida
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *